client: ℓiⱴε / projects: POST-DIGITAL CONTENT

View this post on Instagram

Sabemos que o mundo digital nos mantém expostos a um excesso de informações. Por isso, acreditamos que marcas que abordam causas profundas fazem muito mais do que simplesmente um gesto de caridade. Conheça nosso trabalho no link da bio. We know that the digital world keeps us constantly exposed to an excess of information. That's why we believe that brands addressing social causes are the ones making more than charitable gestures. Click on the profile link and get to know our work.

A post shared by ℓiⱴε (@livetheagency) on


View this post on Instagram

Olá, somos a ℓiⱴε, criamos marcas pós-digitais. Estamos totalmente conscientes dos efeitos colaterais criados pelo mundo digital em que vivemos. O último relatório anual do UK Youth Index chama os jovens de 16 a 25 anos de "a geração mais infeliz da década", revelando que quase dois terços (61%) regularmente se sentem estressados, e mais de um quarto (27%) “desesperançado”, enquanto cerca de metade (47%) experimentou algum problema de saúde mental - os sintomas de depressão e ansiedade estão aumentando entre esta geração. Nós trabalhamos duro para evitar que isso continue acontecendo. // Hi, we are ℓiⱴε, we craft post-digital brands. We're totally aware of the side effects created by the digital world we live in. The latest report from the annual UK Youth Index calls 16 to 25-year-olds the unhappiest generation for a decade, revealing that almost two-thirds (61%) regularly feel stressed, and more than a quarter (27%) “hopeless”, while around half (47%) have experienced a mental health problem – symptoms of depression and anxiety are way up among this generation. We work hard to keep this from happening.

A post shared by ℓiⱴε (@livetheagency) on


View this post on Instagram

Um simples clique diz tudo o que você gostaria de dizer?

A post shared by ℓiⱴε (@livetheagency) on


View this post on Instagram

Vivemos na era da rapidez, onde tendências, notícias e fatos têm um ciclo cada vez mais curto. Hoje, as pessoas circulam rapidamente seus amores, amizades e suas marcas preferidas. Mas e nossas experiências? Essas sim duram bem mais que 15 segundos e, já que sabemos disso, por que não aproveitar melhor o tempo e ter cada vez mais histórias pra contar?

A post shared by ℓiⱴε (@livetheagency) on


View this post on Instagram

Quem melhor do que nós para saber o que gostamos ou queremos? Algoritmos fazem parte da vida moderna e viabilizam respostas rápidas para certas necessidades do nosso dia a dia, mas também nos afastam das relações humanas por tomarem decisões por nós, como o que queremos ver em nosso feed ou qual música ouvir. E você, já parou pra pensar onde eles estão nos levando?

A post shared by ℓiⱴε (@livetheagency) on